parasitadas da vida latina*

22, Setembro, 2008 at 3:45 pm Deixe um comentário

.po

(Estava esperando um momento de alta para postar sobre isso. Sim, absolutamente um furo de reportagem pro Peixe de Aquário!)

Visitando esquisitamente em plena luz do dia o Bar Exquisito, para ver a exposição de fotos da Guatemala que este restaurante tem em suas paredes (Tikal, Antigua Guatemala, as 4 cores do milho, Parque Central da Guatemala City e Mercado de Chichicastenango +), deparamo-nos com uma cauda muito familiar saindo de fininho do Templo do Gran Jaguar…
Sim! Ele! A grande praga dos locais com turistas munidos de câmeras fotográficas e comidinhas deslumbradas aos animais silvestres! Um QUATI! Ou um pizote, na linguagem local.
Em qualquer maravilha do mundo aí estão esses monstrinhos de fofura delinqüente e nariz buliçoso, a rasgar lixo, pedir comida como poodles amestrados, pequenos vilões latino-americanos. Porque conforme bem roubamos a frase, os amantes latinos depois compensam… e assim essas criaturas meio-ratazana, meio ursinho-de-pelúcia dão em troca de sua fraude uns olhinhos fofos, ai, ai.

Seguem impressionantes testemunhos:

[pintura]
Não colaremos aqui a foto, numa atitude para respeitar os desejos tão proprietários de Manuel Corleto, que diz “Ninguna parte de esta publicación puede ser reproducida, almacenada o transmitida en manera alguna ni por ningún medio, ya sea eléctrico, químico, mecánico, óptico, de grabación o de fotocopia, sin permiso por escrito del autor“, mas imperdível sua pintura sobre o QUATI, digo, PIZOTE: aqui.

[grafite]
Em algum lugar tinha uma pixação a respeito de qualquer coisa importante que não se vê mais, porque passou um grafiteiro e borrou tudo, isto é, vc pensa que a arte vem primeiro mas ela também já está em cima das ruínas de alguma coisa que bem podia ser animal… mas guarda seu encanto, guarda seu encanto.

[colagem]
Na escola a gente não podia colar, mas aqui é a única coisa que salva do completo desaparecimento. Ou vc acha que é fácil falar de animais em extinção quando eles praticamente estão brotando da terra debaixo do seu nariz?

[intertextualidade] Conferir links, inclusive onde faltam. O link é a marca indelével de algo que não está em seu lugar.

[vídeo] Não sei se é este, mas você pode me corrigir.

ouvindo: November Spawned a Monster – Morrissey

*postagem editada no piratadeaquario.wikispaces.com por hiok e pimpo.

Advertisements

Entry filed under: -.

piratemosnóiselves! ¡Yiiiihaaa!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


piratarizeyourself!

blogue espelho do peixedeaquario.zip.net | ana rüsche | são paulo. brasil

siga o peixe!

http://twitter.com/anarusche

wiki & use

www.piratadeaquario.wikispaces.com | plataforma wiki pra vc editar como quiser a postagem do dia (sim, pode!). depois eu pego a versão alterada lá e posto aqui. quem fica sozinho é pq tá de castigo.

%d bloggers like this: